Recomendações de Segurança para o relatório: A-515/CENIPA/2017 / PPFHP

Dados da Ocorrência
30/11/2011
12:55:00 UTC
TRÊS RANCHOS - GO
SUBSTANCIAL
PPFHP - AVIÃO
AERO BOERO
AB-115
ACIDENTE

Histórico da Ocorrência

A AERONAVE DECOLOU DO AERÓDROMO DE UBERLÂNDIA, MG (SBUL), COM DESTINO AO AERÓDROMO DE CATALÃO, GO (SWKT), POR VOLTA DAS 12H15MIN (UTC), A FIM DE REALIZAR VOO DE INSTRUÇÃO, COM DOIS PILOTOS SENDO UM INSTRUTOR E UM ALUNO A BORDO. SEGUNDO O RELATO DO INSTRUTOR, CERCA DE 10NM PARA O DESTINO, AS CONDIÇÕES METEOROLÓGICAS TORNARAM-SE DESFAVORÁVEIS AO VOO VISUAL E ELE OPTOU POR RETORNAR A SBUL, CUJA ROTA TAMBÉM SE ENCONTRAVA COM TETO BAIXO E CONDIÇÕES METEOROLÓGICAS ADVERSAS. O INSTRUTOR RECORDOU-SE DE QUE HAVIA UMA PISTA DE POUSO EM TRÊS RANCHOS, GO, DETERMINANDO QUE O ALUNO PROSSEGUISSE PARA O POUSO NAQUELA LOCALIDADE. SEGUNDO AINDA O INSTRUTOR, ESTE, AO PERCEBER QUE O ALUNO ESTAVA COM A AERONAVE DESESTABILIZADA DURANTE O POUSO, ORIENTOU-O PARA QUE INICIASSE UMA ARREMETIDA NO SOLO. A AERONAVE GUINOU PARA A ESQUERDA E SAIU DA PISTA, COLIDINDO CONTRA OBSTÁCULOS NA SUA LATERAL ESQUERDA, CONTRA UM OUTDOOR E CONTRA O POSTE DE FIXAÇÃO DA BIRUTA. A AERONAVE TEVE DANOS SUBSTANCIAIS. O INSTRUTOR E O ALUNO SAÍRAM ILESOS.

FATORES CONTRIBUINTES

FATOR NÍVEL CONTRIBUIÇÃO
PROCESSO DECISÓRIO CONTRIBUIU
APLICAÇÃO DE COMANDOS CONTRIBUIU
INDISCIPLINA DE VOO INDETERMINADO
INSTRUÇÃO CONTRIBUIU
JULGAMENTO DE PILOTAGEM CONTRIBUIU
PLANEJAMENTO DE VOO CONTRIBUIU

RECOMENDAÇÕES DE SEGURANÇA

NÚMERO RS DATA RECOMENDAÇÃO(ÕES) DESTINATÁRIO
A-515/CENIPA/2017 - 01 27/07/2018 Atuar junto ao Aeroclube de Uberlândia, a fim de verificar a adequabilidade do Manual de Gerenciamento de Segurança Operacional daquele operador, sobretudo no que diz respeito aos métodos de planejamento dos voos e às técnicas de instrução adotadas. AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL
A-515/CENIPA/2017 - 02 27/07/2018 Divulgar os ensinamentos colhidos na presente investigação, a fim de alertar pilotos e operadores da aviação de instrução sobre os riscos decorrentes de um inadequado planejamento de voo, sobretudo no que diz respeito às condições meteorológicas, e sobre os riscos decorrentes da operação em aeródromos não registrados. AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL