Recomendações de Segurança para o relatório: A-065/CENIPA/2016 / PRGPI

Dados da Ocorrência
09/04/2016
19:30:00 UTC
UIRAMUTÃ - RR
DESTRUÍDA
PRGPI - AVIÃO
CESSNA AIRCRAFT
U206F
ACIDENTE

Histórico da Ocorrência

A AERONAVE DECOLOU DO AERÓDROMO DE CANTÁ, RR (SWPD), COM DESTINO AO AERÓDROMO DE NORMANDIA, RR (SWNM), E ESCALA NA COMUNIDADE INDÍGENA DE MANALAÍ, RR (SJLO), A FIM DE TRANSPORTAR CARGA E PESSOAL, COM UM PILOTO E CINCO PASSAGEIROS A BORDO. AO SE APROXIMAR DE SJLO, FOI REALIZADA UMA PASSAGEM NA VERTICAL DA PISTA NO SENTIDO DA CABECEIRA 27, COM A FINALIDADE DE AVALIAR SUAS CONDIÇÕES E UMA CURVA DE REVERSÃO À ESQUERDA PARA INGRESSO NA FINAL DA CABECEIRA 09. DURANTE A CURVA DE REVERSÃO, O PILOTO INFORMOU QUE A AERONAVE AFUNDOU ABRUPTAMENTE E, MESMO COM POTÊNCIA MÁXIMA, NÃO FOI POSSÍVEL RECUPERAR O CONTROLE, OCORRENDO ESTOL DA ASA ESQUERDA COM GIRO LATERAL ATÉ O IMPACTO CONTRA O SOLO, CERCA DE 1.300M ANTES DA CABECEIRA 09 DE SJLO. IMEDIATAMENTE APÓS A QUEDA, TODOS OS OCUPANTES ABANDONARAM A AERONAVE PELA PORTA PRINCIPAL TRASEIRA. COM A FORÇA DO IMPACTO, HOUVE ROMPIMENTO DOS TANQUES DE COMBUSTÍVEL E INCÊNDIO. A AERONAVE FICOU DESTRUÍDA, O PILOTO SOFREU LESÕES GRAVES, DOIS PASSAGEIROS SOFRERAM LESÕES LEVES E TRÊS PASSAGEIROS SAÍRAM ILESOS.

FATORES CONTRIBUINTES

FATOR NÍVEL CONTRIBUIÇÃO
ATITUDE INDETERMINADO
ATENÇÃO INDETERMINADO
APLICAÇÃO DE COMANDOS CONTRIBUIU
INDISCIPLINA DE VOO CONTRIBUIU
JULGAMENTO DE PILOTAGEM CONTRIBUIU
PLANEJAMENTO DE VOO INDETERMINADO

RECOMENDAÇÕES DE SEGURANÇA

NÚMERO RS DATA RECOMENDAÇÃO(ÕES) DESTINATÁRIO
A-065/CENIPA/2016 - 01 27/07/2018 Atuar junto a empresa Paramazônia Taxi Aéreo LTDA., a fim de alertar aquele operador sobre os riscos decorrentes da utilização de aeródromo não registrado e aprovado para o tipo de aeronave envolvido e para a operação proposta. AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL
A-065/CENIPA/2016 - 02 27/07/2018 Atuar junto a Paramazônia Taxi Aéreo LTDA., a fim de reavaliar a adequabilidade do Manual de Gerenciamento da Segurança Operacional (MGSO) e do Manual de Procedimentos Operacionais Padronizados (SOP) adotados por tal operador e de verificar se as instruções contidas nos referidos documentos estão sendo cumpridas pelas tripulações da empresa. AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL