Recomendações de Segurança para o relatório: A-102/CENIPA/2016 / PRJCS

Dados da Ocorrência
19/07/2016
15:30:00 UTC
SANTARÉM - PA
SUBSTANCIAL
PRJCS - AVIÃO
CESSNA AIRCRAFT
T210N
ACIDENTE

Histórico da Ocorrência

NA PERNA DO VENTO PARA A CABECEIRA 10 DE SNSH, O PILOTO DO PT-JCS, JÁ NO RETORNO PARA O POUSO, AVISTOU UM AVIÃO PARADO NA CABECEIRA DA PISTA. DE ACORDO COM AS DECLARAÇÕES COLHIDAS, O COMANDANTE NÃO TEVE SUCESSO NA TENTATIVA DE COMUNICAÇÃO POR MEIO DA FREQUÊNCIA DE COORDENAÇÃO E, OBSERVANDO QUE A AERONAVE NO SOLO PERMANECIA PARADA, DECIDIU REALIZAR O POUSO, EMBORA A PISTA NÃO ESTIVESSE LIVRE. SEGUNDO O PILOTO DO PR-JCS, DURANTE A APROXIMAÇÃO FINAL, JÁ COM SUA AERONAVE CONFIGURADA PARA POUSO, ELE PERCEBEU QUE O AVIÃO NO SOLO ESTAVA INICIANDO A CORRIDA DE DECOLAGEM E TENTOU EXECUTAR O PROCEDIMENTO DE ARREMETIDA, PORÉM NÃO FOI POSSÍVEL EVITAR A COLISÃO COM O PT-EOT, QUE ESTAVA SAINDO DO SOLO. O PR-JCS ATINGIU A AERONAVE PT-EOT POR CIMA E SEU MOTOR PAROU DE FUNCIONAR. EM FUNÇÃO DISSO, ELE EFETUOU UM POUSO DE EMERGÊNCIA NA PISTA, LOGO À FRENTE DO LOCAL DO ABALROAMENTO. HOUVE VÁRIOS PONTOS DE CONTATO ENTRE AS AERONAVES. OS MAIORES DANOS FORAM CAUSADOS PELAS PÁS DA HÉLICE DO PR-JCS À CABINE DE PILOTAGEM DO PT-EOT. O PILOTO DA AERONAVE PR-JCS SAIU ILESO E O PILOTO DA AERONAVE PT-EOT SOFREU LESÕES LEVES. AS AERONAVES TIVERAM DANOS SUBSTANCIAIS.

FATORES CONTRIBUINTES

FATOR NÍVEL CONTRIBUIÇÃO

RECOMENDAÇÕES DE SEGURANÇA

NÚMERO RS DATA RECOMENDAÇÃO(ÕES) DESTINATÁRIO