Recomendações de Segurança para o relatório: A-135/CENIPA/2017 / PTICY

Dados da Ocorrência
28/10/2017
11:55:00 UTC
ALTO PARAÍSO DE GOIÁS - GO
SUBSTANCIAL
PTICY - AVIÃO
CESSNA AIRCRAFT
210L
ACIDENTE

Histórico da Ocorrência

A AERONAVE DECOLOU DO AERÓDROMO JUSCELINO KUBITSCHEK (SBBR), BRASÍLIA, DF, COM DESTINO AO AERÓDROMO DE ALTO PARAÍSO DE GOIÁS (SDXF), GO, POR VOLTA DAS 11H05MIN (UTC), A FIM DE TRANSPORTAR PESSOAL, COM DOIS PILOTOS E TRÊS PASSAGEIROS A BORDO. DURANTE A CORRIDA APÓS O POUSO EM SDXF, A AERONAVE ULTRAPASSOU OS LIMITES DA CABECEIRA OPOSTA, PASSOU POR UM BARRANCO E COLIDIU CONTRA UMA CERCA QUE DELIMITAVA A ÁREA DO AERÓDROMO. A AERONAVE TEVE DANOS SUBSTANCIAIS NO TREM DE POUSO, NA ASA ESQUERDA E NA HÉLICE. OS DOIS TRIPULANTES E OS TRÊS PASSAGEIROS SAÍRAM ILESOS.

FATORES CONTRIBUINTES

FATOR NÍVEL CONTRIBUIÇÃO
PROCESSO DECISÓRIO CONTRIBUIU
CULTURA DO GRUPO DE TRABALHO INDETERMINADO
JULGAMENTO DE PILOTAGEM CONTRIBUIU
PLANEJAMENTO DE VOO CONTRIBUIU
SUPERVISÃO GERENCIAL CONTRIBUIU

RECOMENDAÇÕES DE SEGURANÇA

NÚMERO RS DATA RECOMENDAÇÃO(ÕES) DESTINATÁRIO
A-135/CENIPA/2017 - 01 07/11/2018 Atuar junto ao Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal, a fim de que aquele operador aprimore os treinamentos de CRM oferecido a seus tripulantes, sobretudo no que diz respeito às interações interpessoais necessárias à manutenção da segurança operacional. AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL
A-135/CENIPA/2017 - 02 07/11/2018 Atuar junto ao Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal, a fim de que aquele operador, por ocasião dos treinamentos oferecidos a seus tripulantes, enfatize as técnicas de arremetida e os fatores que levam à execução desse procedimento, sobretudo quando for constatado pela tripulação que a aeronave está em uma aproximação não estabilizada. AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL
A-135/CENIPA/2017 - 03 07/11/2018 Atuar junto ao Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal, a fim de verificar se aquele operador está aplicando as ações corretivas necessárias a manter um nível aceitável de desempenho da segurança operacional, conforme previsto no Sistema de Gerenciamento da Segurança Operacional (SGSO) adotado pelo Órgão. AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL